Inscreva-se !

Coloque seu e-mail aqui!:

Entregue por:FeedBurner/Cidadão Araçatuba

10 de nov de 2013

Justiça para todos!

VERGONHA!
Imagem retirada da internet, link aqui
Na coluna do jornalista Augusto Nunes – (link aqui) ele apresenta uma análise sobre o assassinato de Liana Friedenbach em 2003 com 16 anos (ela foi estuprada, torturada e morta por cinco “crias” que se parecem com seres humanos). 

A coluna publicou em  31/10 uma análise dos fatos, vou me ater nesse post aos fragmentos da decisão do Senhor Procurador Regional dos Direitos do Cidadão, que agora reproduzo trechos retirados da coluna:

"Segundo o procurador, a UES não pode ser considerada penitenciária, nem colônia agrícola, industrial ou similar, nem cadeia pública, hospital de custódia e tratamento ou qualquer outra modalidade de estabelecimento penal. “Os jovens ali internados não estão cumprindo pena decorrente de processo crime”, afirma num trecho da ação.

“O local também não pode ser considerado um hospital, porque não possui projeto terapêutico para tratamento dos jovens internos e os prontuários médicos não são acessíveis aos jovens e seus familiares”, prossegue o arrazoado. Embora admita que os reclusos da UES ─ “em caso de necessidade” ─ sejam transferidos para “estabelecimentos inscritos no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde, como Centros de Atenção Psicossocial III (leitos em internação) e hospitais gerais”, ...

“Após o término do período improrrogável de três anos de internação na Fundação Casa, ou ao completar 21 anos, com o esgotamento da competência da Justiça da Infância, deveriam ser postos em liberdade”, ... 

“Além de estarem sendo responsabilizados duas vezes pela prática do mesmo ato, a internação compulsória na UES se dá por tempo indeterminado, como se perpétua fosse”. ...Vários exames feitos nos últimos anos concluíram que Champinha continua tão cruel e perigoso quanto se mostrou naquele novembro de 2003. Mas nada disso parece impressionar o primeiro a assinar a ação.Grifado e negritado por mim.

São “falas” que chocam, muito embora, concordo, estejam desconectadas do todo que representa uma única e indissolúvel peça jurídica elaborada pelo procurador.  Mas na frieza da Lei entendi que se a justiça for exercida ao "pé-da-letra" às vezes destoa e muito do bom senso, chega a desconectar o ser humano dos seus sentimentos mais nobres, entre eles a empatia, que sem ela, nos aproximamos de máquinas.

9 de nov de 2013

Meios que levam ao fim?

Caminhos e soluções.

O governador do Estado (Geraldo Alckmin) esteve em Araçatuba no dia 01/11. No seu encontro com várias autoridades (entre elas o prefeito de Araçatuba-Aparecido Sério), o governador anunciou que serão retomadas as obras de duplicação da Rodovia Eliezer Montenegro Magalhães. 

O que interessa mesmo (além da retomada das obras), é a melhoria do acesso (entrada e saída) dos moradores dos bairros que ficam nas imediações da rodovia. Hoje inclusive, correm risco de morte, em virtude das precárias condições de acesso de quem está na rodovia aos bairros. 

Pelo andar da carruagem (porque pela situação da Eliezer hoje, só a cavalo ou de carruagem!) a obra vai finalmente terminar. Nós moradores dos bairros, São José, Pedro Perri, José Saran, José Passarelli e Claudionor Cinti agradecemos as autoridades por finalmente resolverem fazer o seu trabalho.

Espero ainda, que o projeto contemple a instalação de passarelas para que pessoas que atravessam a rodovia a pé ou de bicicleta possam atravessar a via sem correr risco de ser atropelada.

Finalmente algo que eu e todos os outros moradores da zona sul esperávamos há tempo. O Governo de São Paulo merecia um belo puxão de orelhas afinal essa “briga” entre a Prefeitura e o D.E.R dura aproximadamente dois anos. Tudo porque se desentenderam sobre quem desapropriaria a terra necessária ao aterro que será usado em alguns trechos que serão duplicados da rodovia. Precisa dizer quem foram os prejudicados?

A Praça. 

Outra novela mexicana que parece estar no fim. Dia 05/11 empregados da empresa  que venceu a licitação, fizeram uma vistoria e instalaram-se para iniciar as reformas na praça. O responsável pela equipe da construtora até já traçou os planos para o início da reforma. Estou curioso para ver os fraldários, banheiros especiais e outros “mimos” que dizem que teremos direito depois da praça pronta.

A Secretaria de Mobilidade Urbana de Araçatuba tem feito algumas modificações no trânsito, segundo o secretário da pasta no intuito de melhorar. Como é "no intuito", nem sempre se consegue o que se pensa na prática. 

Como motorista e ciclista algumas até achei que foram acertadas, outras porém... Não entendi a inversão da mão de direção da rua Coroados. Se levarmos em consideração o tráfego na avenida Cussy de Almeida, e considerarmos ainda que ela é responsável por levar todo o fluxo do centro aos bairros (zona Sul uai!) já imaginou o tempo para cruzá-la em horário de pico? E o movimento que se concentrou na avenida Mário Covas  vindo da Luiz Nogueira Martins, Aguapeí e Marechal? Estamos até tendo congestionamento na Mário Covas em horário de pico, fica  a pergunta: as mudanças não eram para melhorar? 

Outro ponto é a rua Silva Grota (que também leva ou na Mário Covas, ou na Quinze de Novembro), agora com mão dupla, naquela “estreiteza”, e ainda por cima com estacionamento nos dois lados da via, ninguém merece! Nem para bicicleta ficou bom. 

Se o intuito foi melhorar, vou esperar mais um pouco, afinal a possibilidade de todos os veículos não trafegarem no mesmo horário que eu é um ponto a se considerar. Quem sabe não é? É, de repente, quem sabe... 

Blogueiros unidos participam e divulgam!

Blogueiros do Brasil
Cia dos Blogueiros

Clique, conheça nossa história.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores diHITT

Seguidores

Leve o Cidadão com você!


Total de visualizações desta página.

Plágio é crime! Quer copiar? Não custa nada pedir, obrigado!

IBSN: Internet Blog Serial Number 21-08-1966-11