Inscreva-se !

Coloque seu e-mail aqui!:

Entregue por:FeedBurner/Cidadão Araçatuba

30 de jan de 2011

"O encanto da vida depende das boas amizades que cultivamos."

Malba Tahan

Minha amiga Yolanda Hollaender por quem tenho o maior apreço, escolheu-me para responder esse “Meme”, fiquei honrado com a sua escolha copiei as perguntas, dei uma lida e vi que desta vez o Cidadão daria lugar ao Paulo. E esse caros leitores, deveria abrir a sua mente e expor-se procurando delinear um pouco da sua personalidade, da sua vida, dos seus pensamentos, e dos seus 44 anos de aprendizado contínuo. 

Feito isso, resolvi criar esse post com as respostas que intrigam a todo nós seres humanos. 

Longe de mim querer criar unianimidades, uma vez que os temas/perguntas dariam infinitas páginas e posts, pois nada mais são do que dúvidas comuns a todas as pessoas e dessa forma convivem conosco desde o nosso nascer, até um pouco antes do fim da nossa jornada nessa terra.

Com a ajuda da Wikipédia, Yolanda definiu a palavra Meme,como sendo:

"Os memes podem ser idéias ou partes de idéias, línguas, sons, desenhos, capacidades, valores estéticos e morais, ou qualquer outra coisa que possa ser aprendida facilmente e transmitida enquanto unidade autônoma. Quando usado num contexto coloquial e não especializado, o termo meme pode significar apenas a transmissão de informação de uma mente para outra".

Orientou-me ainda que as respostas devem ser sinceras, objetivas e devem refletir o agir e o pensar da pessoa sobre o tema, dessa forma, tentarei abrir as portas do meu "eu" respondendo-as agora.

1-Vida:
Uma grande sala de aula. Quem não está apto a apreender, dificilmente terá uma caminhada tranquila serena. E ainda assim, aprendendo sempre, ainda estamos sujeitos a altos e baixos, mas desistir jamais, aprender sempre!

2-Morte: 
Estação final, para o corpo e a mente.

3-Vida após a morte: 
Não acredito. 

4-Reencarnação: 
Não acredito.

5-A nossa insignificância diante do universo infinito: 
O Homem não passa de um grão de areia frente ao oceano.

"Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo."

6-Ser ou não ser: 
Ser! Somos emocionais e racionais, não faz sentido nos escondermos. A vida já não é fácil e brincar de "ser" com ela a torna muito difícil!

7-A angústia existencial diante da transitoriedade de tudo:
Não me angustio com o amanhã, penso muito num versículo da bíblia (Matheus Cap.6 Versículo 34)

8-O cérebro humano está capacitado a responder a todos os enigmas da existência: Não está! Muitos segredos não cabem a nós desvendá-los, somos por natureza limitados, sendo assim, ficaremos sempre um passo a trás, mesmo com toda essa modernidade e avanços.

9-Um sistema econômico voltado para as necessidades sociais e não dominado pela cupidez humana: 
Tenho sérias dúvidas sobre a capacidade humana em dividir, ajudar, principalmente  enquando grupo, por isso não acredito em sistemas. Já as pessoas individualmente, essas sim, são mais fáceis de individualmente ajudar ao outro.

10-O que é mais importante, a genética ou o meio?
A Pessoa é o mais importante!

11-Existe um ser superior que dirige as nossas vidas? 
Não sei, estou em fase de "teste". Talvez, nossa consciência?

12-Para onde caminha a humanidade?  
A humanidade eu não sei, pois nossa vida é limitada e procuramos (enquanto pais/educadores) formar pessoas capazes de progredir, ensinar, amar, multiplicar ações que reflitam positivamente no todo. Mas o limite dessas ações não poderão ser por nós controladas, é cíclico e por isso, indeterminado.

Para descontrair um pouco, resolvi incluir esse vídeo que como a vida (muitas vezes!) é ambígua, assistam até o final, é hilário!



Deveria passar esse meme adiante, mas farei diferente, convidarei agora cada leitor (a) a refletirem sobre as perguntas, e aplicá-las caso queiram a sua vida, e fazerem um grande balanço.

Tentem é muito bom!


23 de jan de 2011




As duas faces do córrego Machadinho.
Enche-me de orgulho verificar que a Avenida Pompeu de Toledo está repaginada, com novo calçamento e proteções laterais que impedem o desmoronamento das margens do córrego, aliás, essas obras só aconteceram em função do desmoronamento ocorrido pelas fortes chuvas no ano passado, na ocasião até fiz um  post, e algum tempo depois quando a reforma começou fiz outro (clique aqui para ler).

Em fase final de reforma - Córrego Machadinho/Pompeu de Toledo.
A Avenida Pompeu é sem dúvida um cartão postal da nossa cidade, um lugar agradável onde as pessoas se reúnem para fazer ali seu “happy hour”. 


Outros porém, procuram cuidar da saúde física, já que alguns tratam a saúde mental nas mesas dos bares aliviando as tensões do dia-a-dia. Já os que optam pela saúde física, caminham. pedalam, aproveitando a nova cara do nosso ponto de encontro.

A obra, porém, foi além, continuou fazendo o desassoreamento e a limpeza das margens do córrego, que estava muito suja, nesse ponto, credito a nossa população, que despejou toneladas de detritos e sujeira nas margens do córrego e com o tempo,  essa sujeira toda foi parar dentro do córrego,fazendo com que ele transbordasse.
A orientação das fotos é: Av. Pompeu de Toledo/Conj.Hab.José Saran, todas foram feitas em: 23/01/2011.
Notem que uma parte está limpa e outra não, mas o córrego continua.


Mas o trecho em questão continua, propositalmente comecei pelo sentido Centro/Bairro, pois o traçado do córrego machadinho se inicia mesmo no conjunto habitacional José Saran, passando por debaixo da SP 300 (Rod. Mal. Rondon) e continua até a Avenida Pompeu de Toledo. 


As fotos e vídeos abaixo correspondem á parte menos "nobre" do traçado do córrego.
Trecho Pompeu de Toledo/Conj.Hab.José Saran, depois da SP 300 (23/01/2011).

Consegue ver o córrego? Mas ele está aí!
São coisas assim que me fazem pensar... Porquê a limpeza do leito do córrego não foi até o final? 



Córrego fora do leito, efeito do assoreamento próximo do Conj.Hab.José Saran. 


Fim do Trecho, já no Conj.Habitacional Jose Saran.
Esse "trecho" é usado pelos moradores como saida do bairro, e em época de aula também é usado pelos pais para levarem as crianças a uma escola que fica próxima, (Emebf Floriano) porém, quando se inicia a época de chuvas o "trecho" como se vê fica interditado, os pais então, devem recorrer a uma outra saída, a Rua Honório de Oliveira Camargo Junior, muito mais perigosa em virtude do tráfego intenso de veículos, pois além de ser o único roteiro de entrada e saída do bairro, ela ainda dá acesso á Rod. Eliezer Montenegro Magalhães (SP 463).


Bom dá para ver que o acesso à escola, pelo "caminho" torna-se  impossível. 


Essa situação vem se arrastando a pelo menos 15 anos, tempo em que resido no bairro. 


Ouço dizer que é necessário uma tal de "licença ambiental", mas para limpar uma parte do córrego a tal licença foi emitida? O córrego então está fracionado? Fracionar o todo? É piada né!?

O que se fraciona é a paciência do povo que espera do administrador público um pouco de decência para pelo menos dar tratamento igual aos menos favorecidos, limpar o leito do córrego, e desassoreá-lo acredito que requer muito menos recursos do que reformar toda a extensão da avenida Pompeu. 


E não é só isso, pois nesse trecho existe um ecossistema que está sendo degradado, fala-se tanto em ecologia, mas apenas e tão somente quando os interessados tem dinheiro para bancá-la, ou se essa atitude resultar em algum ganho. Quando não, varre-se o assunto para debaixo do tapete, no caso, para dentro do córrego!

Espero que medidas mais efetivas e duradouras possam ser tomadas, para resolver o problema definitivamente, afinal Araçatuba é um todo e acredito não existir distinção por parte do ente municipal entre os lados "nobre" e "plebeu" da cidade.







8 de jan de 2011

Quando os cidadãos se mobilizam, a coisa vai!

Praça Seisaburo Ikeda - Jardim Guanabara-Araçatuba-SP vista do alto, Google Maps.

Quando decidi criar esse blog tinha a certeza que ele seria usado para relatar as situações cotidianas da minha cidade, e ou eventualmente para relatar casos vividos, situações comuns de um cidadão em sua cidade, coisa absolutamente normal!

Via muita coisa errada e dentro da minha passividade observei que o mesmo acontecia com outras pessoas dentro da coletividade, e aí  pensei...

-Vou criar um blog, e utilizarei a internet para dar voz aquelas coisas ruins, malfeitas, e "não feitas" que a gente vê todo dia e nada faz para que elas mudem.

É verdade! Nós, enquanto cidadãos observamos muitas coisas erradas no nosso dia-a-dia em nossa cidade, estado, país, refletimos, comentamos, mas as autoridades constituídas mesmo nem ficam sabendo desse descontentamento. Muitas vezes não falamos, pois imaginamos que “nunca dá em nada” ou que se falarmos, nosso (s) pleito (s) ficará (am) no "vazio."

Temos várias praças em Araçatuba, antigamente eram lugares onde as famílias se juntavam para levar os filhos para brincar, os pais reviam velhos amigos, uma época onde não tinha tanta violência e nem televisão. Na verdade até tinha a televisão, mas ela não tinha a força que tem hoje como desagregadora de famílias e desinformadora, mas isso já é um tema para outro post.

Quero me ater ao lugar, onde as pessoas sentavam, comiam sua pipoca, observavam seus filhos brincarem. Na praça central de Araçatuba - a Rui Barbosa, ou Praça do Boi Gordo, vários pipoqueiros se colocavam ao redor da mesma vendendo além da pipoca, várias guloseimas, próximo a praça tinha um cinema que se chamava Peduti, as pessoas depois de assistirem aos filmes caminhavam até a praça para fazer o que os antigos chamavam de foot!


Pois bem, entre tantos relatos de coisas que deveriam ter sido feitas, encontrei uma situação que quero compartilhar com você caro leitor, acredito até que isso com muita sorte pode estar acontecendo em sua cidade.

Como eu dizia entre tantas praças que existem em Araçatuba, hoje a algumas encontram-se abandonadas, sujas necessitando de reparos, porém, existe uma no bairro Guanabara denominada Praça Seisaburo Ikeda que não está localizada na área central da cidade, disse  isso, porque a noção que temos é que, quanto mais nos afastamos  do centro da cidade, pior é!
  
Essa praça porém, contraria esse pensamento, pois é muitíssima bem conservada, limpa, iluminada, toda florida, arrumada mesmo, dá gosto sentar em um dos seus bancos limpos, e com a família passar algumas horas admirando a natureza. 
 
Obra da prefeitura? Não! 

Uma moradora, uma senhora de 62 anos pensionista que atende pelo nome de Zoraide Marques de Almeida   é a responsável pela excessão, e segundo ela, esse trabalho é feito há aproximadamente 12 anos.


Ela varre, lava, limpa, cuida das plantas, faz de tudo para manter a praça em ordem, sabe de onde vem o dinheiro para a compra dos produtos necessários à manutenção da praça? 

Criou-se no bairro uma pequena “caixinha”, aproximadamente R$ 300,00 por mês onde alguns moradores e simpatizantes da praça fazem as doações, e esse dinheiro segundo a Dona Zô (como ela gosta de ser chamada!) é usado para comprar mudas de plantas, ferramentas, veneno, pequenos reparos, etc...

Não é engraçado? Na verdade não! Um Município com toda a sua estrutura gigantesca não dá conta de manter as praças em ordem, e um morador, com a ajuda de alguns outros, e com uma pequena quantia doada consegue fazê-lo! 

Tudo bem, você deve pensar...

-Ah mas o município têm várias praças! É verdade! 

Mas em algumas áreas da cidade, determinados trechos de avenidas para ser mais exato,  são “adotados” por empresas que conservam aquele pedaço com direito a propaganda da empresa e tudo, e a dona Zô com seus R$ 300,00 faz o mesmo pela praça inteira, e são 3.532,17 m2

Não estou querendo divulgar essa ou aquela pessoa, entendo que todos nós cidadãos temos a obrigação de zelar pelo público, pelo comum, mas o que me chamou a atenção, foi o desprendimento, a boa vontade de uma pessoa, que abre mão do seu descanso (é pensionista!) para dedicar-se  a conservar um lugar comum, tornando-o agradável, belo, para que dele todos possam desfrutar, e isso merece ser ressaltado.


Antes tivéssemos mais cidadãos, com esse pensamento, assim, nossas cidades com certeza seriam melhores. 

Fica uma dica aos nobres vereadores:

-Porque não se cria uma Lei dando incentivos fiscais para que as empresas adotem as praças e as conservem mediante uma quantia mensal?


Poderia abater esse valor doado/investido no I.P.T.U, no I.S.S.Q.N, da empresa que doou/investiu, não poderia? 
Também entendo que se é investimento/despesa não se está abrindo mão de receita! 


A prefeitura teria menos trabalho, as empresas seriam beneficiadas, e a população mais ainda,  pois poderia contar com espaços arborizados, limpos bem cuidados e seguros!

Diminuiria um pouco a receita do município imagino, mas a cidade ganha, a população ganha, a cidade como disse fica mais bonita, harmoniosa, atraente para pessoas que não moram aqui, e  nos visitam. 


Dá trabalho, dá! Mas administrar é isso! Criar, desenvolver, trabalhar, mudar, não é isso que sempre é dito nos palanques com veemência na ocasião da eleição? 


Então,vamos colocar em prática! 




"A Padroeira"
"O Cantinho".
"A Musa."
"Árvores Frondosas."
"Cantinho das Crianças"




"Área central da praça Seisaburo Ikeda."



2 de jan de 2011





2011 Promete!


Casa em ordem, política monetária ajustada, todo mundo empregado, diminuiu-se consideravelmente a pobreza, salário médio de 3.689,00 €! Como assim!? Achou que eu estava falando do Brasil não é? Errou! Falava da Suiça!

Vida nova, presidente novo! Quanta alegria!

Mas aos conformistas, petistas e lulistas de plantão; não pensem que o governo da nossa presidente será igual ao do antecessor não, existem diferenças cruciais a serem consideradas!

O ex-presidente Lula tinha aquele jeito bonachão, amigo de todos, adorava a imprensa, parecia “padre de paróquia”, daqueles que é amigo de todo mundo, almoça na casa de um pároco aqui,  janta na casa de outro ali.

Já a nossa presidente não é bem assim, digamos que ela é um pouco "elitista" digamos que deu um "bug" na sua programação e que ela foi programada para se parecer com seu antecessor, até porque, essa seria a única maneira de eleger-se. Na verdade ela é bem diferente! Familia abastada, ex-marido rico, sem falar dos cabelos, quanta diferença!


O fato é que de bolsa em bolsa ... ooops! 


De voto em voto ela legitimamente, democraticamente alcançou sua meta! Não posso contestar isso, afinal as urnas não mentem, cabe ai uma reflexão:


-Quantos brasileiros realmente votaram nela, na candidata Dilma, e quantos votaram nela imaginando-a como sucessora de Lula?


Contudo,ela conquistou seu sonho, (o de Lula e é claro do P.T),  ser a primeira presidente eleita no Brasil!

Acredito nas mulheres, muitas têm enorme potencial, capacidade e qualidades para estadistas, elas estão em todos os as áreas, mostrando o quanto são realmente capazes, posso até citar alguns exemplos: Hilary Clinton - Secretária de Estado do Governo dos EUA, Cristina Kirchener - Presidente da Argentina, Doris Leuthard - Presidente da Suiça, Cristina Merkel -Ex-Chanceler da Alemanha. Só para lembrar alguns nomes.



Quanto ao sucesso da "empreitada" em eleger Dilma, devemos isso principalmente à região nordeste e é claro a máquina estatal, mas como a "máquina estatal não vota", a campanha da mesma amealhou nada mais, nada menos que  10,7 milhões de votos a mais que o segundo candidato naquela região!

Como ela governará, qual será o rumo do país e da economia brasileira, isso começará a  ser revelado lá pelo fim de Junho/Julho, quando ela já estará assentada e começando a ter uma visão mais clara do poder que ela recebeu, tomara que ela não se engane achando que o Brasil é uma lojinha de R$ 1,99, pois nesse ramo sabemos que ela não se deu muito bem! (clique no R$ 1,99 e veja porque!)

O fato é que de governo em governo, ficamos cada vez mais cientes que esse país só vai mudar se nós assim o quisermos. 


Governos vão, governos vem e a corrupção não acaba, parlamentares inventam novas falcatruas para lesar os cofres públicos e na tabela nossos bolsos, mas isso caro leitor, é porque não prestarmos atenção na cena política. A prova mais cabal disso é o revival que se tornou o ministério da presidente eleita, ao vê-lo, sinto uma enorme sensação de impotência e fica a impressão de que infelizmente aqui, tudo acaba em samba! Samba não! Pizza! E pizza estragada!


Dá só uma espiada!


Muitos ministros da "era Lula", algumas figurinhas carimbadas da vida política (inclusive um ex-candidato a Governador de São Paulo, que não obteve sucesso na recém-empreitada!) e o que é pior um ex-ministro acusado, afastado e agora recrutado! Como dizemos aqui em Araçatuba, vôti!!!


Ano novo, vida nova com cara de passado, mas tudo bem! Vamos lá votou tem que assumir os riscos, afinal essa escolha tem nome: Democracia.


Só espero que a turma do "oba-oba", resolva trabalhar e mude a impressão que nós e o mundo inteiro têm do Brasil, que esse não é um  país sério, devo dizer que discordo em termos, porque o país é bom, o povo é bom, o que estraga são alguns políticos, daí pensei:
-Vou sugerir uma pequena mudança na arquitetura do Congresso, até porque fica mais  apropriado pela forma de agir de alguns congressistas! 


Gostaram?

Blogueiros unidos participam e divulgam!

Blogueiros do Brasil
Cia dos Blogueiros

Clique, conheça nossa história.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores diHITT

Seguidores

Leve o Cidadão com você!


Total de visualizações desta página.

Plágio é crime! Quer copiar? Não custa nada pedir, obrigado!

IBSN: Internet Blog Serial Number 21-08-1966-11